Presidente do River, Elizeu Aguiar espera contar com o estádio Albertão a partir da segunda rodada do Brasileirão Série D


Faltando poucos dias para a estreia na Série D, o presidente do River, Elizeu Aguiar revelou que esperar contar com o Albertão a partir da segunda rodada da Série D já que o estádio não foi liberado por falta de laudos e o River fará a estreia contra o Guarany de Sobral no estádio Lindolfo Monteiro. Elizeu ainda falou sobre o novo técnico, dispensas, reforços e saída de Lucas Bacelar, filho do ídolo do River, o Sima. Confira:


ALBERTÃO NA SÉRIE D

A nossa pretenção é de levar os jogos para o Albertão, devido o gramado de hoje do Lindolfo não dar condições de se apresentar um bom futebol, então a nossa ideia é de talvez no segundo jogo [...] já deixamos claro para a federação (FFP), precisamos que a Fundespi também tome de conta e peça a abertura do Albertão porque precisamos dos laudos e para sair os laudos tem necessidades de ser feitas algumas intervenções, pequenas, mas tem que fazer para que possamos levar os jogos para o Albertão.

LINDOLFO MONTEIRO

O Lindolfo Monteiro absorveu além de River, Piauí e Flamengo, ainda teve o Altos e agora o Tiradentes Feminino e está tendo alguns jogos do Sub-19 que estão indo para lá. Não tem gramado que resista por melhor que seja o estado. O Lindolfo já apresentava problema de gramado antes mesmo de começar as competições.

A FALTA DO ALBERTÃO

A gente fica triste porque o Albertão é um grande palco. Na realidade é um gigante que precisa ser acordado para que nós possamos ter os grandes espetáculos lá. Vamos supor que o River, Altos ou Parnahyba tenha necessidade desse campo no segundo momento que vai ser exatamente o mata-mata. Como vai ser? Então precisamos abrir o Albertão urgentemente e o River gostaria de mandar os seus jogos lá já na primeira fase.

DISPENSAS

As dispensas aconteceram dentro de um planejamento, de uma observação que nós já vínhamos fazendo no decorrer das competições que disputávamos.

CONTRATAÇÕES

As contratações são bem cirúrgicas, são pontuais, exatamente onde nós mexemos, mas deixamos a cargo com exceção do Testinha que a diretoria achou que deveria contratar, um jogador jovem fez uma revelação nesse segundo momento do Campeonato Piauiense. Agora com relação as contratações, todas elas de responsabilidade do próprio treinador, fizemos questão disso para que ele possa ter também a tranquilidade de apontar alguns nomes e formar um grupo, somado com os que aqui estão forte para iniciar a competição e dar continuidade ao seu trabalho.

CELSO TEIXEIRA

O Celso tem uma característica bem diferente daquilo que usamos no River nas minhas gestões, mas eu acho que agora nós temos que mudar esse clima um pouquinho de paz e amor para uma coisa mais enérgica e o Celso tem essa energia toda. Ele é um treinador também inteligente, trabalhador que tem demonstrado fazer bons times, tem feito bons trabalho, por último foi vice-campeão paraibano dando trabalho ao campeão que foi o Botafogo-PB, fez um bom time para o Flamengo, infelizmente o Flamengo desmontou esse time no primeiro semestre pra eles, foi infelizmente pra eles. Nós acreditamos muito na pessoa, no trabalho, na dedicação e no comprometimento dele.

LUCAS BACELAR

O Lucas é um jogador jovem que precisa jogar. Não tem jogado ao longo dos anos no River, não sei se jogaria nesse segundo semestre e até pra gente equacionar toda uma situação nossa, mas nós precisávamos liberar. Eu acho que o Lucas tem talvez que enfrentar novos desafios, ir para uma nova equipe com novo ânimo, com vontade. Se trata de um grande jogador eu tenho certeza que pode, consequentemente a qualquer momento despertar dentro do campo e fazer grandes jogos, mas infelizmente no River ele não rendeu o que nós esperávamos e a comissão técnica achou por bem incluí-lo nessa relação de corte.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário