Francisco Diá chega ao Piauí e vai começar trabalho analisando pratas da casa

Foto: Francisco Filho
Treinador desembarcou na tarde desta quinta-feira no aeroporto Petrônio Portela, em Teresina. Ele conta que irá fazer análise dos jogadores disponíveis antes de contratar.

"Primeiro a gente vai ver o que o Altos tem. O pessoal que está aqui conhece o grupo mais do que eu. Eu conheço alguns jogadores que vi atuar. Mas uma competição de Série D e Piauiense é totalmente diferente da Copa do Nordeste. A gente vai ver também a estrutura em termos de finanças que o presidente pode oferecer. A gente vai trabalhar de acordo com o que o presidente nos proporcionar", explica o treinador.

Segundo Diá, os desafios do Altos na próxima temporada, quando o time tem quatro competições no calendário, foi um dos atrativos para o treinador acerta com o Jacaré, além da confiança na diretoria.

"Eu tive outros convites de outras equipes daqui. O que me chamou a atenção é que é uma equipe nova, e a gente que vive de desafio sabe da sinceridade que o presidente e sua diretoria tem, que cumpre religiosamente com os seus compromissos, o que hoje é muito difícil no futebol. Recebemos a proposta e aceitamos até pelas competições que o time vai disputar, o que é importante", analisa.

E para a torcida, o treinador deixa um recado. Trabalho não vai faltar, e o Altos deve vir forte no próximo ano.

"O que eu posso prometer é muito trabalho, muito empenho, muita luta, foi assim nas equipes em que eu passei. Claro que ninguém faz nada sozinho. Vim trabalhar em acordo com a diretoria e o meu grupo de jogadores, para a gente ser uma equipe forte e competitiva", finaliza.

Com informações de GE Piauí.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário